5 DICAS DE MARKETING PARA QUEM ESTÁ INICIANDO


“Conteúdo constrói relacionamentos. Relacionamentos são baseados em confiança. Confiança gera receita.”Andrew Davis

Fonte: Startup Stock Photos



Marketing


Este é um mundo globalizado em que o mercado é dinâmico com constantes transformações e avanços tecnológicos; por isso, as empresas tendem a caminhar junto a esses mercados. A partir do momento em que o ambiente se modifica, as empresas também se modificam, procurando sempre manter relacionamentos sólidos, lucrativos e duradouros com os clientes. Com o aumento da competição, as empresas estão se voltando para o cliente, procurando atender as suas exigências e expectativas. É dentro desse contexto ambiental que surge a oportunidade para a prática da estratégia de marketing de relacionamento, que enfatiza a fidelização do cliente buscando manter relacionamentos sólidos, lucrativos e duradouros.



5 DICAS DE MKT



1. PRODUZA CONTEÚDO


“Marketing de conteúdo é uma abordagem que envolve criar, selecionar, distribuir e ampliar conteúdo que seja interessante, relevante e útil para um público claramente definido com o objetivo de gerar conversas sobre conteúdo.” (KOTLER, 2017, p.147).


Ao iniciar uma estratégia de marketing de conteúdo precisa-se compreender que aquele que faz o marketing tradicional é uma estrela, mas quem aposta em marketing de conteúdo, prova o porquê você é uma estrela (REZ, 2016), isso é, se faz necessário firmar-se quando a influência dos outros questionar o que sua empresa fala de si mesma. Provar valor é estar aberto a ouvir, pois como Kotler (2017, p. 44) cita “com a conectividade surgem enormes oportunidades para as marcas adquirirem defesas positivas. Ainda que elas permaneçam suscetíveis a sofrer manifestações negativas”.




2. CRIE RELACIONAMENTO COM SEUS CLIENTES


Fonte: August de Richelieu



Hoje, oferecer serviços de qualidade, preço justo não são diferenciais competitivos visto que, a concorrência é muito acirrada, e o que faz o diferencial entre os profissionais disponíveis no mercado é justamente a competência em entender os fatores que decidem o valor e a satisfação para o cliente. O mais importante além de saber é ter a convicção, que todo o sucesso de uma empresa, e de qualquer profissional, depende do cliente.


Marketing de relacionamento é o processo pelo qual a empresa constrói alianças de longo prazo com seus clientes em potencial e compradores existentes, em que ambos, vendedor e comprador trabalham direcionados a um conjunto comum de objetivos específicos e pode ser definido como estratégia que visa construir relação duradoura de confiança, colaboração, compromisso, parceria, investimentos e benefícios mútuos (POSER, 2005).


O autor (SWIFT, op. cit.) traz algumas características essenciais que o marketing de relacionamento deve possuir:


1) Concentrar-se nos parceiros e clientes, em vez de nos produtos da empresa, transferindo o foco interno para o externo;


2) Atribuir mais ênfase à retenção e satisfação dos clientes existentes do que à conquista de novos clientes;


3) Confiar mais no trabalho de equipes, fomentando o marketing coordenado, do que nas atividades de departamentos isolados.


Os clientes não buscam mais apenas bons produtos e serviços. Eles privilegiam aquelas empresas que oferecem ao mercado produtos e serviços considerados excelentes. Esta é uma tendência que veio para ficar. O mercado consumidor se torna muito mais exigente em relação ao comportamento das empresas. Em resposta, várias empresas passam a cortejar seus clientes, a fim de que eles lhes dediquem sua preferência e fidelidade.




3. ENTENDA SEU PÚBLICO ALVO


A definição de mercado-alvo significa identificar o segmento particular ou segmento da população na qual vai atuar (GOMES, 2005).

Três fatores que a empresa deve levar em conta para avaliar os diferentes segmentos, que são eles:


• Tamanho e crescimento do segmento: coletar e analisar dados sobre as vendas correntes do segmento, os índices de crescimento e a lucratividade de cada segmento, buscando segmentos com tamanho e características de crescimento adequadas;


• Atratividade estrutural do segmento: examinar os vários fatores estruturais que afetam a atratividade do segmento a longo prazo, como, as cinco forças competitivas básicas citadas por Porter (1986), que são elas: concorrentes – rivalidade entre as empresas existentes; substitutos – ameaça de produtos ou serviços substitutos; fornecedores – poder de negociação dos fornecedores; ameaça de novos entrantes no segmento; compradores – poder de negociação dos compradores;


• Objetivos e recursos da empresa: considerar os objetivos e recursos da empresa com relação aos segmentos que vai atuar.




4. POSTE CONTEÚDO RELEVANTE, PORÉM DE FÁCIL COMPREENSÃO


Um conteúdo relevante tem um posicionamento. Ele não fica em cima do muro, ele assume um ponto de vista e o defende. Dessa forma, o autor, seja pessoa ou empresa, transmite uma mensagem central que reflete seus valores.

Para que um conteúdo seja relevante, ele também deve trazer informações verídicas, baseadas em fontes confiáveis. E é muito fácil descobrir se um conteúdo traz dados reais ou fictícios. É aquele que responde às necessidades da sua audiência. Portanto, é um conteúdo centrado no usuário, não na sua empresa, não nos seus produtos ou serviços.




5. NÃO DESPREZE O PÓS VENDA


Esse crescente interesse pelo serviço de pós-venda segundo Santos (2016) se justifica pelo motivo das organizações conquistarem um diferencial entre os seus concorrentes. Pode-se citar alguns fatores em que levam as empresas a assumir as estratégias do pós-venda, tais como:

  • Os clientes querem obter o valor pelo produto adquirido valendo o seu dinheiro aplicado. Portanto um objetivo do pós-venda é garantir que o cliente sinta o valor da sua compra e ter maior proveito (Santos, 2016);

  • O crescimento da venda de produtos e a não a qualificação de pessoas para garantir a manutenção e suporte desses produtos, faz o as empresas manter o pós-venda para a conquista das exigências dos clientes;

  • Um dos fatores relevantes que diferenciam uma empresa dos concorrentes seria o pós-venda. Com esse tipo de serviço envolve diversos serviços, como planos de garantias dos produtos, treinos a equipes de manutenção, atividades que estão ligadas à engenharia de processos dos clientes, recuperação de componentes, disponibilização de informações sobre o potencial de mercado e tendências de consumo no caso de bens físicos, dentre outros (Santos, 2016).





O MARKETING É VITAL PARA SEUS NEGÓCIOS.









Quer saber mais? Acompanhe nosso canal no youtube:

Elétrica Academy - Eng. Pablo Guimarães





Gostou deste conteúdo?

Conheça nossos cursos

Clique e saiba mais >>>

https://www.pabloguimaraes-professor.com.br/cursosonline














Fontes:




  • Facebook - Círculo Branco
  • Google+ - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

CONTATO

(92) 9 8235-9802 

 

(Ligação e WhatsApp)

E-MAIL

SOMOS ASSOCIADOS

Engenheiro Pablo Guimarães - © 2020 - Todos os direitos reservados