5 dicas para uma manutenção de gerador

A manutenção de geradores é algo fundamental para o bom funcionamento e prolongação da vida útil do equipamento. Esse procedimento é realizado em períodos específicos, normalmente semanal, mensal ou anual.


Manutenção de geradores: preventiva ou corretiva?


Antes de detalhar como é feita a manutenção, é importante entender quais os tipos que existem.

É comum que o processo seja feito com o equipamento funcionando em perfeitas condições. É a chamada manutenção preventiva, que foca em identificar possíveis problemas que o gerador possa ter. A ideia é manter a máquina funcionando adequadamente, sem a necessidade de uma manutenção corretiva.

Esse tipo de procedimento ocorre quando o gerador já apresenta defeitos e precisa de reparos. É uma manutenção mais custosa e que, normalmente, interrompe o funcionamento do gerador, o que pode gerar dores de cabeça ao cliente.

A manutenção de geradores inclui a verificação e testes de seus componentes, seguindo uma ordem. Veja a seguir o que é analisado:


1) Manutenção de geradores: Componentes mecânicos


A manutenção de geradores é iniciada com a verificação da parte mecânica do equipamento e o técnico precisa avaliar com atenção o nível do óleo no motor e do regulador de velocidade.

No caso do óleo, pode ser necessária a troca do lubrificante e o nível também indica se há possíveis vazamentos ou até sobrecarga do motor. Entre os componentes mecânicos, o técnico também deve verificar as correias, motor de arranque, alternador e os terminais.


2) Sistema de arrefecimento e combustível


Nesta etapa, é verificado todo o sistema de arrefecimento e combustível do gerador.

Para o arrefecimento, o técnico deve analisar:

  • Nível de água no radiador;

  • Válvula termostática;

  • Mangueiras;

  • Bomba d’água;

  • Hélice do radiador.

É necessário verificar também a qualidade desses componentes e se estão em boas condições. Caso seja preciso, o técnico deve efetuar a troca dos mesmos.

Analisar o sistema de combustível na manutenção de geradores é considerada uma das etapas mais importantes do procedimento. Como é feita de forma preventiva, evita gastos salgados com reparos.

O técnico deve verificar se a bomba injetora está funcionando adequadamente, ou seja, se ela faz a ligação correta. Também deve observar como esse processo afeta o tanque e o motor do gerador, finalizando com o turbo, sem esquecer de se atentar se não há nenhuma vazão de combustível.


3) Sistema elétrico


Problemas no sistema elétrico são bastante comuns, por isso os técnicos não podem deixar de avaliar esse componente. A manutenção de geradores, quando preventiva, garante que reparos no sistema sejam evitados.

O plano de manutenção verifica o funcionamento do alternador sincrônico, cabos e conectores do sistema elétrico. Também são averiguados os disjuntores de proteção e, por último, os bornes de ligação do gerador.


4) Manutenção de geradores: Painel de controle e filtros


A manutenção de geradores também deve dar atenção aos filtros e painel de comando.

Durante o procedimento, o técnico avalia como estão os chicotes do equipamento e, se necessário, eles são apertados. Carregadores e baterias do painel também são analisadas e trocadas caso a vida útil esteja se esgotando, processo que é feito tanto em painéis analógicos, como também nos digitais. 

Todo gerador de energia possui uma série de filtros em seus sistemas. Eles podem influenciar no funcionamento do equipamento e, consequentemente, também em sua vida útil.

Por isso, o técnico deve verificar como está a limpeza do conjunto de filtros e substituí-los, dependendo das condições. Os filtros são:

  • Para ar e água;

  • Lubrificante;

  • De combustível;

  • Separador.

Esse último pode acumular água e caso isso aconteça, o técnico deve realizar a drenagem do líquido.


5) Faça testes


Durante cada processo de verificação na manutenção de geradores, o técnico deve realizar testes individuais nos componentes e sistemas. Ao final do procedimento, ele também precisa testar o funcionamento geral do equipamento.

Esses testes são fundamentais para avaliar as condições dos geradores, assim é possível identificar se há algum problema ou dano.

Orienta-se que o técnico responsável primeiro ligue o grupo gerador com carga baixa e até mesmo sem nível de carga. Se estiver tudo certo, ele deve repetir o procedimento de forma contrária, ou seja, com carga alta.

E como os geradores são utilizados, sobretudo, durante quedas de energia, é importante testá-lo para essa função.


Não esqueça de avaliar o local de instalação


Embora não pareça necessário, o ambiente onde o gerador é instalado também é um fator importante para a manutenção.

Para que a manutenção de geradores seja apenas preventiva, é ideal que o equipamento fique em um espaço seco, limpo e com o mínimo de resíduos. Além disso, o acesso ao local deve ser restrito. Dessa forma, o gerador dificilmente apresentará problemas ou a necessidade de reparos.

Estamos nas redes sociais:

👉 INSTAGRAM: https://www.instagram.com/eng.pablogu...

👉 FACEBOOK: https://www.facebook.com/engenheiropa... .

Para saber mais dicas e conhecer nossos cursos online acesse : https://www.pabloguimaraes-professor.com.br/cursosonline


CLIQUE NA IMAGEM

por ATG Geradores | mar 10, 2020

  • Facebook - Círculo Branco
  • Google+ - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

CONTATO

(92) 9 8143-0084 (WhatsApp)

(92) 3016-7001

E-MAIL

SOMOS ASSOCIADOS

Engenheiro Pablo Guimarães - © 2020 - Todos os direitos reservados