Barramento de Equipotencialização Principal - BEP


O Barramento de Equipotencialização Principal (BEP) tem o objetivo de possibilitar a interligação de todos os elementos da edificação que possam ser incluídos na equipotencialização principal.














Barramento Equipotencial Principal


O barramento equipotencial principal é constituído de uma barra de cobre que deverá ser instalada, segundo prescreve a norma, junto ao ponto de entrada da alimentação e o mais próximo do nível do solo.


Onde deve ser localizado o BEP? No ponto de entrada da edificação (por definição, ponto onde os condutores das linhas externas penetram na edificação).


Todos os elementos acessíveis potencialmente condutores de eletricidade dentro de uma instalação, sejam eles ou não destinadas a condução de corrente, devem ser conectadas ao barramento de equipotencialização. Com isso, a pessoa que acessar uma parte condutora submetida a tensão acidentalmente estará sobre uma superfície equipotencial, o que fará com que desapareça o risco.




Legendas:


BEP barramento de equipotencialização principal;

EC - condutor de equipotencialização;

1 - eletrodo de aterramento (embutido nas paredes);

2- armaduras de concreto armado e outras estruturas metálicas da edificação;

3 - tubulações metálicas de utilidades, bem como os elementos estruturais metálicos a elas associados;


Por exemplo:

  • 3.a - água

  • 3.b - gás

  • 3.c - esgoto

  • 3.d - ar-condicionado

4 - condutores metálicos, blindagens, armações, coberturas e capas metálicas de cabos;

  • 4.a - linha elétrica de energia

  • 4.b - linha elétrica de sinal

5- condutor de aterramento principal.



Elementos conectados ao BEP


A norma prescreve materiais, padrões e dimensões mínimas para os eletrodos de aterramento, assim como suas formas de conexão a fim de que estes resistam às intempéries e às condições mecânicas a que podem ser submetidas no tempo.




Os seguintes elementos são ligados eletricamente ao BEP:

  • Massas estruturais da edificação (armaduras de concreto armado e outras estruturas metálicas);

  • Massas das utilidades: tubulações metálicas de água, gás combustível, sistemas de ar- condicionado, esgoto etc.;

  • Condutores metálicos de linha de energia e de sinal que entram e/ou saem da edificação;

  • Condutores de proteção das linhas de energia e de sinal que entram e saem da edificação;

  • Blindagens, armações, coberturas e capas metálicas de cabos das linhas de energia e de sinal;

  • Condutores de interligação provenientes de eletrodos de aterramento de edificações vizinhas, no caso em que essa interligação for necessária ou recomendável;

  • Condutores de interligação provenientes de outros eletrodos de aterramento porventura existentes ou previstos no entorno da edificação;

  • Condutor neutro da alimentação elétrica, salvo se não existente ou se a edificação deva ser alimentada em esquema TT ou IT;

  • Condutor de proteção principal da instalação elétrica (interna) da edificação;

  • Barramentos suplementares.


Afinal, Qual é atuação do BEP em uma Edificação?


Em uma dada edificação deve ser realizada uma equipotencialização principal. Tal unificação visa a equipotencialização em todas as proteções que constituem um sistema de aterramento, ou seja, entre as estrutura metálicas e/ou condutoras da edificação.


A Equipotencialização visa impedir geração de descargas laterais causadas por diferenças de potencial entre a corrente que percorre o condutor e objetos próximos. A aplicação de tal conceito visa também criar vários caminhos para possíveis correntes de falta ou de fuga. A esse ponto de convergência do sistema de aterramento dá-se o nome de barramento equipotencial principal (BEP), o qual por sua vez esta conectado á terra por ponto único por meio de um condutor de aterramento.


Toda edificação deve possuir uma equipotencialização dita principal e de várias equipotencializações locais quanto forem necessárias. Todos os elementos condutivos, os condutores de proteção de instalação, o eletrodo de aterramento da edificação devem integrar a equipotencialização.



É importante ressaltar que no Prontuário de Instalações Elétricas - PIE, que devem ser elaborados por profissionais legalmente habilitados e deve ser organizado e mantido pelo empregador ou pela pessoa formalmente designada pela empresa, deverá conter o relatório do sistema de aterramento, equipotencialização e potenciais permissíveis.











Quer saber mais? Acompanhe nosso canal no youtube:

Elétrica Academy - Eng. Pablo Guimarães



Gostou deste conteúdo?

Conheça nossos cursos

Clique e saiba mais >>>

https://www.pabloguimaraes-professor.com.br/cursosonline




Fonte:


  • Facebook - Círculo Branco
  • Google+ - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

CONTATO

(92) 9 8235-9802 

 

(Ligação e WhatsApp)

E-MAIL

SOMOS ASSOCIADOS

Engenheiro Pablo Guimarães - © 2020 - Todos os direitos reservados