Saiba mais sobre a Tabela ANSI



Complementação da Tabela ANSI:


50N - sobrecorrente instantâneo de neutro 51N - sobrecorrente temporizado de neutro ( tempo definido ou curvas inversas) 50G - sobrecorrente instantâneo de terra (comumente chamado 50GS) 51G - sobrecorrente temporizado de terra (comumente chamado 51GS e com tempo definido ou curvas inversas) 50BF - relé de proteção contra falha de disjuntor (também chamado de 50/62 BF) 51Q - relé de sobrecorrente temporizado de seqüência negativa com tempo definido ou curvas inversas 51V - relé de sobrecorrente com restrição de tensão 51C - relé de sobrecorrente com controle de torque 50PAF - sobrecorrente de fase instantânea de alta velocidade para detecção de arco voltaico 50NAF - sobrecorrente de neutro instantânea de alta velocidade para detecção de arco voltaico 59Q - relé de sobretensão de seqüência negativa 59N - relé de sobretensão residual ou sobretensão de neutro (também chamado de 64G) , calculado ou TP em delta aberto 64 - relé de proteção de terra pode ser por corrente ou por tensão. Os diagramas unifilares devem indicar se este elemento é alimentado por TC ou por TP, para que se possa definir corretamente. Se for alimentado por TC, também pode ser utilizado como uma unidade 51 ou 61. Se for alimentado por TP, pode-se utilizar uma unidade 59N ou 64G. A função 64 também pode ser encontrada como proteção de carcaça, massa-cuba ou tanque, sendo aplicada em transformadores de força até 5 MVA. 67N - relé de sobrecorrente direcional de neutro (instantâneo ou temporizado) 67G - relé de sobrecorrente direcional de terra (instantâneo ou temporizado) 67Q - relé de sobrecorrente direcional de seqüência negativa 78 - Salto vetorial (Vector Shift)


Proteção Diferencial - ANSI 87:


O relé diferencial 87 pode ser de diversas maneiras: 87T - diferencial de transformador (pode ter 2 ou 3 enrolamentos) 87N - diferencial de neutro REF - falta restrita à terra 87Q - diferencial de sequência negativa (aplicado para detecção de faltas entre espiras em transformadores) 87G - diferencial de geradores 87GT - proteção diferencial do grupo gerador-transformador 87SP - proteção diferencial de fase dividida de geradores 87V - Diferencial de tensão de fase 87VN - Diferencial de tensão de neutro 87B - diferencial de barras. Pode ser de alta, média ou baixa impedância Pode-se encontrar em circuitos industriais elementos de sobrecorrente ligados num esquema diferencial, onde os TC´s de fases são somados e ligados ao relé de sobrecorrente. Também encontra-se um esquema de seletividade lógica para realizar a função diferencial de barras. Pode-se encontrar em algumas documentações o relé 68 sendo referido à função de seletividade lógica. 87M - diferencial de motores - Neste caso pode ser do tipo percentual ou do tipo autobalanceado. O percentual utiliza um circuito diferencial através de 3 TC´s de fases e 3 TC´s no neutro do motor. O tipo autobalanceado utiliza um jogo de 3 TC´s nos terminais do motor, conectados de forma à obter a somatória das correntes de cada fase e neutro. Na realidade, trata-se de um elemento de sobrecorrente, onde o esquema é diferencial e não o relé.


Dispositivo de comunicação de dados - ANSI 16:


As letras sufixos ao dispositivo definem sua aplicação. Os primeiros sufixos são: S - comunicação de dados serial E - comunicação de dados Ethernet Os sufixos subsequentes definem: C - dispositivo de segurança de rede (ex. VPN, encriptação) F - firewall ou filtro de mensagens M - função de gerenciamento da rede (SNMP) R - roteador S - switch T - telefone Uma switch Ethernet gerenciável terá o seguinte código: 16ESM


Você quer aprender mais sobre as funções dos relés microprocessados?



Conheça mais sobre o curso de Projeto de Proteção de Subestação e Parametrização de Relés Microprocessados do Engenheiro Pablo Guimarães.


Este curso é destinado para alunos que desejam se especializar e trabalhar com elaboração de projetos de proteção e parametrização de proteção secundária com uso de relés microprocessados em subestações e cabines primárias de 15kV de acordo com a NBR 14039 e normas de concessionárias locais. Assim como aprofundar-se em proteções de Geradores, Motores, Banco de Capacitores de Médio e Grande Porte. Ainda terá acesso a Planilhas de Coordenação segundo exigência das principais concessionárias do Brasil. ​


Para conhecer mais sobre o curso, acesse o link AQUI


FONTE DA TABELA: Schweitzer Engineering Laboratories

676 visualizações
  • Facebook - Círculo Branco
  • Google+ - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

CONTATO

(92) 9 8143-0084 (WhatsApp)

(92) 3016-7001

E-MAIL

SOMOS ASSOCIADOS

Engenheiro Pablo Guimarães - © 2020 - Todos os direitos reservados